terça-feira, 28 de junho de 2011

As Courgettes

Por graça comprei sementes de courgette para semear cá em casa.

De uma caixa de ovos vazia fiz a sementeira.


A sementeira foi dividida em 3 couvettes para mim e 3 couvettes para o P. Não há cá mistura de sementes :P

Em cada couvette, cada um semeou três pevides, não fosse alguma não germinar.

Todos os dias a terra foi borrifada para manter o ninho húmido e propício ao nascimento.

Passou-se 1 mês e nada.

Nadinha de ver coisa alguma.

O P. impaciente acabou por fazer trafulhice. Desenterrou algumas das suas pevides e com a unha abriu parte da pevide e voltou a enterrá-las.

Eu mantive-me quietinha e pacientemente à espera que a natureza actuasse por si.

Mais uns dias, e surge...


... o primeiro rebento do P.


E, entretanto, o segundo rebento do P.

E do meu lado nada :(

A trafulhice dele deu frutos e eu, que me escusei a interferir e a dar um empurrãozinho à natureza, estava em franca desvantagem.

Até que finalmente...



...surge o meu primeiro rebento :)

Mesmo que não surjam mais, ao menos tenho um rebento de courgette. Já estou feliz :)

A seguir ao meu rebento, e se voltarem a reparar na foto do segundo rebento do P., surgiu um terceiro que ainda está a romper a terra.

Neste momento o resultado é 3-1.

Mas o fenómeno mais curioso é que a terra utilizada foi igual em todas as couvettes, e tendo eu girado a caixa de vez em quando para que a incidência da luz fosse sempre igual, o que acontece é que as sementes que germinaram, germinaram só de um lado.



Vá-se lá tentar arranjar explicações...

18 comentários:

  1. Olá Luarte, quando semeei(sementes de compra) as minhas sementes de courgettes elas eram todos os dias regadas para germinarem mais depressa, o vaso estava ao sol( noto que gostam muito de sol).

    Como já ando a arranjar as cougettes e a congelar para o inverno, quando estiver arranjar 1 vou aproveitar as sementes, para semear para o ano.

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Fiquei encantada com esta tua experiência.....só tenho pena de não ter terra onde depois semear...
    Mostra depois o fruto ok?
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá! Olha a minha mãe tb faz sementeiras de courgettes e é demorado, mas depois cada uma pesa quase 1kg! e são deliciosas! um abraço

    ResponderEliminar
  4. Pois é bom lembrar o que a Carla disse cada uma pesa mais que 1Kg e não é só é de cada sementinha que germina vai nascer flores e das flores as corgetes e cada dá mais que uma flor é bom que tenhas espaço para pores essas pequenas plantinhas porque ficam enormes e precisam de espaço. Eu desisti com as sementeiras este ano, já semei pimentos de várias qualidades e morangos e nada até agora tenho otado por comprar pézinhos e po-los na terra e assim já comi morangos, alfaces e pimentos e brevemente vou comer tomates pois já está a ganhar cor.
    Boa Plantação.
    Bjs
    Betty

    ResponderEliminar
  5. Curioso... nao encontro explicacao. No entanto estao de parabens, conheco bem a sensacao de ver os primeiros rebentos a sair da terra!
    Courgettes ainda nao semei, como sou a única que gosta, fui adiando.

    Agora que me saí bem com os tomateiros, vou experimentar... couves.

    É óptima troca de experiencias, aprendemos sempre coisas novas!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. A Natureza é um mistério constante :)

    ResponderEliminar
  7. A Natureza é um mistério constante :)

    ResponderEliminar
  8. olá!!tenho uma dúvida! as sementes têm de ser secas? e podemos semear em vaso ou tem mm de ser na terra, é que só tenho varanda
    eu por enquanto ando dedicada às malaguetas, mas este ano acho que nem para um frasquinho de picante eheh

    ResponderEliminar
  9. Sandra Tavares: As minhas também foram regadas todos os dias, mas apanhavam sol só ao final da tarde. Talvez fosse essa a razão da demora do nascimento. Reparei que foi nestes dias de maior calor que elas germinaram.

    Tuquinha: Eu terra também não tenho, compro-a no supermercado :P
    Aqui em casa é tudo envasado. É o que se arranja num apartamento!

    Clara: Também gostava de vir a ter belas courgettes. Vamos ver como é que estes rebentos se comportam :)

    Betty: Sim tenho noção dessa informação que partilhaste. Esta é a minha primeira experiência e vamos ver como correr e se todos os rebentos vão vingar. Além disso, pelo que sei posso controlar o tamanho das courgettes. Como não tenho uma horta, tenho de as apanhar quando achar que já têm um tamanho simpático.

    Paula M. A sensação é de facto muito boa. O momento do nascimento é sempre um acontecimento único independentemente da espécie e do género que estejamos a falar. É sempre motivo de alegria :)
    Ah, eu adoro courgettes, o P. come porque sim, ou melhor, come porque eu lhas impinjo :P

    Mundo em Vida: Sem dúvida!

    mina: Eu já comprei as sementes em pacote. São iguais às pevides que comemos como aperitivos. Pelo sei qualquer a maior parte das sementes devem ser secas para depois poderem germinar. Isso acontece por exemplo com a salsa e os coentros. As minhas sementes plantei-as ontem em vaso. Aqui também só existe varandas e vasos. Há que experimentar e arriscar :)
    E por falar em malaguetas, esta semana sugiram as duas primeiras malaguetas, mas ainda estão muito verdinhas :)

    Beijinhos para todas e obrigada pelos vossos comentários***

    ResponderEliminar
  10. Olá Luarte!!
    Boa ideia, é tão bom termos uma mini horta em casa ;-)

    bigado pela ajuda no meu blogue

    foste um amor!!

    beijokas

    cris

    ResponderEliminar
  11. Adoro plantas, mas infelizmente vivo em um apertamento onde é impossível ter um jardim decente.

    Acho esta fase da espera emocionante, tem acontecido com umas sementes de alfazema que comprei, finalmente estão a despontar e pensar que quase as deitei fora.

    Bjs e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. eheheh... O P. está a ganhar mas com batota, assim não vale.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  13. Olá, Lu!

    Q saudades de te ler...prometo q vou ser mais participativa, sim?
    Espero q esteja tudo bem contigo...mas pelo q vejo, andas a ser alvo de corrupção!!!!

    Men!!!!!

    Beijiñs,

    Rut

    ResponderEliminar
  14. Oh, o que eu me ri com o "não há cá misturas" :) Gosto da ideia de plantar coisas em casa, mas não tenho tido muita sorte :(
    Espero que a tua experiência dê saborosas courgettes! As que comemos cá em casa vêm da horta da mãe de uma amiga e são gigantes! Tanto, que as tenho partido e congelado :P

    ResponderEliminar
  15. As sementes de muitas plantas para germinarem necessitam de passar por um processo chamado escarificação que no fundo foi aquilo que o seu marido fez: abrir uma pequena fenda na semente para auxiliar a germinação. Está tudo conforme a natureza manda :-) Nota: a escarificação pode ser um processo mecânico ou químico. Na natureza esse processo de desgaste químico da casca da semente é feito muitas vezes pelos ácidos dos estômagos dos animais que se alimentam dessas sementes e depois as libertam pelas fezes. A natureza é sábia! ;-)

    ResponderEliminar
  16. Pois eu tenho semeado, abóboras, courgetes,tomates, couve coração de boi, couve saboia, alfaces, batatas, feijão de trepar, feijão rasteiro para consumir em verde, alhos, cebolas, alguns morangos, ervilhas tipo telefone e ervilha de meia estaca, e pepinos. Está tudo muito bonito.

    ResponderEliminar
  17. para todas essas plantas o sírio de cavalo e bom ?

    ResponderEliminar
  18. as minhas plantas de corgetes estao a dar flor mas depois murcham e nao estou a ver corgete nenhuma sair nao sei que se passa mas gostava que me dissecem a um bom intendedor obrigado se me derem uma resposta pois estive a ver e a flor parece que vai na frente da corgete

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)