sábado, 3 de março de 2012

Melhorando a auto-estima

Finalmente, o mês de Fevereiro ficou para trás. Foi um mês complicado, mas já lá vai...

E o mês de Março já cá está :)

O mês dos meus aniversários, o mês que me traz a Primavera, o mês que marca, como se fosse um relógio, um novo despertar na minha vida. Como se durante os meses anteriores tivesse vivido numa espécie de hibernação psicológica.

Também não sei explicar bem este fenómeno, mas a entrada de mais luz nos novos dias, faz um género de refresh na minha auto-estima. Sinto-me muito mais bonita no geral.

Não que nos meses anteriores não goste de mim, não cuide de mim, não me preocupe com o que visto, com o meu visual, mas tal como a cobra que larga a sua antiga pele por estes dias, eu sinto que algo do género também se passa comigo. Uma nova energia emana cá de dentro e ganho uma confiança diferente. Sinto o efeito da mudança e eu própria tenho necessidade de mudanças.

E por falar em mudanças e em auto-estima, apetece-me levar o rumo desta conversa para um assunto que por aqui nunca se falou: cabelos.

O meu cabelo é um cabelo difícil. Não é liso, nem encaracolado. Não é carne, nem é peixe.

Um dia está giro, no outro dia pode estar de fugir, usando os mesmos produtos. É demasiado imprevisível.

Normalmente uso produtos que definam e reforcem o efeito onda.

Quando está naqueles dias não, o melhor é não andar à solta. Mete medo ao susto. Então nesses dias o que faço é prendê-lo com açaime, vulgo elástico, usando o mais simples rabo-de-cavalo.

Por várias vezes tentei usar franja média, mas de há alguns anos a esta parte que desisti definitivamente. O meu cabelo tem remoinhos, a minha franja não é coisa estática. Portanto a expressão "deixar os nervos em franja" nunca foi tão literalmente verdadeira como nessas alturas.

Podemos gostar de ver muitas coisas nos outros. Nos outros ficar incrivelmente perfeito, mas há coisas que em nós não resultam mesmo! E há que saber viver com isso. Esta lição já aprendi.

Sempre fui menina para usar de vez em quando uma bandolete, um gancho, um travessão, etc... Mostrar o cabelo com um arzinho diferente, e não igualzinho todo o santo dia, mexe comigo. As rotinas na imagem entendiam-me (daí que já tenha tido o cabelo médio, médio comprido, curto e à rapaz nos últimos 9 anos).

Actualmente tenho o cabelo médio-curto, um pouco acima da altura dos ombros. A verdade é que com cabelo médio, nunca me aventurei a fazer penteados demasiado elaborados. Mas sempre adorei certos apanhados. Acho que dão um ar muito elegante quer ao cabelo, como ao rosto e ao conjunto em geral.

Graças à minha querida Célia que os penteados simples, rápidos e giros, têm tomado conta do meu cabelo nos últimos meses. Bendita a hora que a Célia criou o Ala que é Cardoso. Sou sua fã número um. No seu blog, ela partilha imensas dicas, entre elas penteados que faz a si própria (esta é a secção que mais gosto).

Aquela ideia errada que tinha, e que muitas de nós temos, que penteados giros e diferentes só se fazem com cabelos compridos já está completamente obsoleta nesta minha cabeça. Esta menina fez-me descobrir um maravilhoso mundo novo. Faço recorrentemente alguns penteados que ela mostra lá no seu cantinho, e sem dúvida que dão logo outro ar, muito mais engraçado e arranjado.

Finalmente, nos dias particularmente difíceis, não tenho de me cingir ao rabo-de-cavalo. E em outras ocasiões que pedem mais de nós, tenho sempre soluções mais interessantes, do que o simples cabelo esticado.

A partir do blog da Célia, comecei eu própria a pesquisar tutoriais no Youtube, a experimentar, a errar e finalmente a acertar :)

Há penteados que parecem demasiado elaborados, complicados, mas tudo se reduz a simples truques. Conhecendo-os, qualquer pessoa consegue reproduzi-los sem dificuldade.

Os últimos que já experimentei e resultaram foram estes (mesmo o que aparece com cabelos compridos resulta lindamente em cabelos médios):








E quando se fala em auto-estima, têm de concordar comigo que é impossível deixar o cabelo de fora.

Vocês não sabem, mas eu conto-vos, como tenho andado peneirosa e inchada com os elogios que tenho recebido, das mais diversas pessoas, aos novos looks. Quem é que não gosta de festinhas no âmago? :D

Pequenas grandes diferenças que podem fazer tanto por nós.

E agora com a Primavera quase à porta, só dá vontade de vestir roupa mais leve, mais alegre e conjugar com um penteado bem giro. E num estalar de dedos ficamos diferentes, perfeitas :)

Obrigada, Célia :)

14 comentários:

  1. Obrigado pela partilha :)
    O 2º já conhecia e costumo usar, os outros são novidade p mim, vou experimentar ;)

    ResponderEliminar
  2. Compreendo tudo o que sentes, tanto em relação à disposição (a partir de Março tudo melhora) como em relação ao cabelo. Então em relação ao cabelo... sei como te sentes, o meu cabelo também é assim, nem carne nem peixe, nem liso nem encaracolado... Vou seguir o teu exemplo e procurar umas dicas para arriscar no meu cabelo...
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  3. O meu cabelo é tal e qual o teu, nem carne, nem peixe e há dias de manhã que até me assusto quando olho ao espelho.

    Gostei muito dos vídeos e vou experimentar, sem dúvida. Há que tratar de nós para elevar a auto-estima. Também adoro o mês de Março (a minha estação favorita é a Primavera) mas não tanto como o de Maio :)

    Bjs,
    Anabela

    ResponderEliminar
  4. Olá Luarte, o meu também não é carne nem peixe, mas lá o ia domando,até que há duas semanas fui cortar as pontas e vim de lá igual à Beatriz Costa :(
    Sabendo que tenho o cabelo tipo juba de leão, imagina como tenho andado...de FUGIR :P

    O que vale é que ele cresce :)

    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito chato quando isto acontece. Por vezes é melhor ir abom cabeleireiro nem que isso implique pagar mais. O mais importante ainda é conhecer e confiar na pessoa que tem a tesoura na mão.
      O cabelo cresce e se colocar um creme de tratamento após lavagem, ajuda a tornar o cabelo mais pesado e mais fácil de controlar. e nucna se esqueça que tem que usar sempre, mas sempre condicionador quando lava o cabelo e não vale os dois em um ;)
      Beijo
      Célia
      O cabelo cresce é o que vale!

      Eliminar
  5. Olá Luarte,
    Que belas ideias... mas para já vou ter de esperar um pouco que o cabelo cresça... é que o cortei à duas semanas e para já não consigo fazer isto... mas fica registado!
    Obrigada pela partilha.
    Bjs,
    Teresa C.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Teresa, podes sempre fazer uns apanhados todos bagunçados, como quem não teve tempo para fazer melhor, usando muitos ganchos e os torcidos presos com ganchos funcionam sempre.
      Beijo
      Célia

      Eliminar
  6. Março traz a primavera, as flores, os passarinhos, um tempo mais ameno. É uma lufada de ar fresco! :)
    O meu cabelo é rebelde e maluco, pouco dá para fazer, vá lá que cresce muito e não é seco nem espigado, nem oleoso, nem...essas coisas ainda mais chatas! Quero sempre experimentar esses penteados que essas meninas do youtube (e blogues) fazem sempre com imensa facilidade e vejo-me sempre aflita. Graças à rebelião deste meu cabelo! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paula o truque tem um nome: ganchos, usar muitos ganchos da cor do nosso cabelo. Se ficarem à mostra não faz mal, hoje em dia vale tudo :)Depois não há nada como passar um bocadinhso de laca para colocar tudo no sítio. Recomedo a Elnett Satin da l'óreal não deixa o cabelo empastado.
      Beijo
      Célia

      Eliminar
  7. Curioso, que tantas pessoas sintam o mesmo em relação aos primeiros meses do ano! (não sou excepção)

    Vou espreitar as tuas dicas, estou meeeesmo a precisar de dar um tchan ao visual. Tens razão quando dizes que há pequenas diferenças que fazem muito por nós!

    Provavelmente vais por muitas leitoras em frente ao espelho a treinar peteados, já pensaste nissso? Ehehehehe

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Estou aqui encantada com o meu cabelo por culpa tua, vim aqui ao teu espacinho, li o post, e pensei deixa-me lá tentar.

    Fiz o primeiro aqui sentada em frente do computador, sem espelho nem nada, fui ver como estava e agora estou toda sorridente e com um penteado lindo.

    Já nem vou mecher mais. Vou assim trabalhar bonitinha. Ai que vaidosa que sou. :-)

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Bricolar e Poupar, Catarina e Anabela: Toca então a experimentar e a ficar ainda mais bonitas :)

    ce.: O que vale é que o cabelo cresce, quando ficamos desgostosos com certos resultados. Mas se agora está complicado de domar, é chamar pelo amigo secador e escova. Há sempre solução :)

    Teresa C.: Há muitos penteados que também se fazem com cortes mais curtos. E agora com o bom tempo à porta, um corte curto dá logo outra frescura ao rosto :)

    Paula F M: Do que já pude ver, tu tens um cabelo forte e com um óptimo tamanho para inventar. Tomar muitas. Mas olha, eu também nem sempre acerto à primeira nesses penteados. Há que lhe apanhar o jeito. Não vale é desistir, quando a coisa não parece assim tão complicada :)

    Paula M: Eu não sei se vou pôr muitas ou poucas leitoras em frente ao espelho a experimentar penteados, mas se uma que seja tiver curiosidade, experimentar, gostar e achar-se mais bonita, já valeu este post :)

    Te: Que bom que já experimentaste e gostaste. Tu ficaste encantada com o novo penteado e eu fiquei encantada com o teu comentário :)
    Já valeu ter escrito este post :)

    Beijinhos a todas****

    ResponderEliminar
  10. Fiz exatamente o mesmo que a Te e estou com pena de não ir sair hoje para mostrar o penteado giro que fiz num minuto ao mesmo tempo que vi o 1º vídeo!!! Genial!
    Se não te importas vou partilhar também no meu blog! Adorei o primeiro e só não experimento já os outros porque não quero estragar este ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Minha querida Luarte que sucesso este teu post!!!
    Estou com um sorriso na cara de orelha e orelha pois afinal tive o meu dedinho na tua iniciativa de pesquisar penteados e agora com este teu post puseste a mulherada a olhar-se no espelho com outros olhos!
    Escreves tão bem, facilmente expões de um modo simples e elegante o que pensas, quem me dera!!!
    Temos que ensinar às mulheres que o cabelo não é um bicho de 7 cabeças, e cabelos rebeldes também podem ser curtados e penteados de forma mais arojada.
    Da minha parte continuarei a falar de penteados e agora com estes comentários penso que irei falar de como "domar a juba".
    Não tenho qualquer dúvida porque é que o meu blog foi tão visitado neste último dia e sinto que tenho que retomar a tema cabelos, que a bem dizer é a minha grande paixão!
    Um beijo enorme
    Célia

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)