sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Simplificando na cozinha

Nos dois posts anteriores partilhei convosco o Plano das Rotinas, que me ajuda muito a manter a casa organizada, e o Plano das Limpezas, que me permite ter a casa sempre limpinha, sem muito esforço, sem perder muito tempo, e ainda me deixa o fim de semana livre para aproveitar da melhor forma.

Como não me canso de repetir, o Plano das Limpezas só funciona se o Plano das Rotinas for para cumprir por todos. Cá em casa somos dois adultos. Mas numa casa onde existem mais elementos, nomeadamente filhos pequenos, há que responsabilizá-los também nas tarefas que estão ao seu alcance poder fazer.  Sempre ouvi dizer que é de pequenino que se torce o pepino.

No entanto, tenho pequenos hábitos/truques que utilizo tanto num plano como noutro e que me ajudam a simplificar e a melhorar muito a vida cá em casa. Adotei-os e já não prescindo deles  porque me fazem poupar muito tempo.

Cada vez sou mais apologista que uma casa museu/casa de revista não serve para viver, serve para vender uma ideia de sonho que não encaixa na vida de pessoas normais, com vidas banais.

E como eu faço parte do grupo da gente normal com uma vida banal, os meus truques são estes:




Usar escorredor da loiça; 

Para mim é um elemento fundamental na minha cozinha. E admito que me causa uma certa confusão conhecer casas que não usam, simplesmente porque é um elemento feio que põe à vista um amontoado de louça a secar. Cá em casa há louça que vai há máquina e existem peças que faço questão de lavar à mão. Estas depois de lavadas são postas no escorredor. E quantas vezes não utilizamos louça que praticamente não se sujou? Essa passo por água e ponho a escorrer também. Não perco tempo a secar loiça com pano. 

Ter a toalha posta na mesa;

Já várias vezes partilhei no blog que a mesa da minha cozinha está sempre posta. Normalmente tenho uma toalha e depois utilizo individuais. Sei que este conceito é estranho para muita gente, mas para mim serve-me na perfeição. Se a cozinha é o lugar onde fazemos praticamente todas as refeições do dia, não perco tempo com a história do "põe mesa", "tira mesa". Esse conceito é apenas e exclusivamente aplicado à louça que utilizamos. E no entanto, apesar da mesa estar sempre posta, está sempre arrumada e limpa.

Manter a bancada livre ou só com o essencial

A bancada da cozinha é uma zona de trabalho, onde preparamos os alimentos e as refeições. Há que tê-la o mais liberta possível de coisas que só nos empatam e que implicam de cada vez que precisamos de espaço, ter de as deslocar. Da mesma forma uma bancada desempedida torna-se muito mais fácil de limpar e de manter.

Usar bacia ou alguidar

No seguimento da bancada livre, na altura de preparação das refeições tenho sempre sobre a bancada uma ou duas pequenas bacias onde vou depositando as cascas, o lixo que se vai fazendo. Não sujo praticamente a bancada e não ando sistematicamente a deslocar-me para o caixote do lixo, sob pena de cairem molhos e sucos para o chão. Só no fim é que deito tudo no lixo. Este método é muito mais prático e higiénico.

Usar Pousa-Colheres

Quando cozinho tenho sempre ao lado do fogão um descanso para a colher de pau ou outro utensílio de apoio que esteja a usar. Evito assim que molhos e comida escorram em cima da bancada. Uma simples tampa de um frasco de conservaa dá um excelente pousa-colheres.

Poupar tempo na preparação das refeições;

Esta é das tarefas que mais tempo nos rouba por dia. Se conseguirmos em pequenos gestos reduzir o tempo gasto, então é tempo ganho.

Qualquer pessoa que cozinha regularmente sabe que se perde imenso tempo na preparação dos alimentos. Descascá-los, cortá-los, picá-los, etc... Ora há alimentos que podemos perfeitamente ter sempre à mão prontos a utilizar. Eu prefiro arranjar um tempo extra (por exemplo os 15 minutos do Plano Diário que podem ser dedicados ao que acharmos melhor) e tratar de picar um saco de cebolas, arranjar uma série de cabeças de alhos e cortar às tiras ou às rodelas outros legumes que utilizo recorrentemente nos cozinhados e que podem ser congelados ou facilmente conservados no frigorífico. Num instante, poupo tempo para uma série de dias e às vezes semanas. Neste blog já partilhei aqui e aqui alguns truques que aplico cá em casa no arranjo de alguns desses alimentos. 

Fazer um pouco mais de comida

Há refeições que se podem fazer em maior quantidade e congelar ou guardar por 2 ou 3 dias no frigorífico. Esta estratégia é ótima para um dia em que não nos apetece perder muito tempo na cozinha. Cá em casa não somos esquisitos e comemos sobras e repetimos pratos algumas vezes. Para não enjoar, em vez de comer na refeição a seguir ou no dia a seguir, come-se no outro. Intercala-se. 

Reduzir no nº de acessórios ou pequenos electrodomésticos

Faço por ter disciplina neste campo. É muito fácil sermos tentados a comprar muitas coisas para a cozinha, que nos prometem facilitar a vida e ganhar tempo. Esta ideia é ilusória. O que nos poupa tempo é a nossa organização. Quanto mais coisinhas tivermos na cozinha para usar nisto e naquilo, mais coisas temos para lavar e arrumar. Mais espaço teremos de arranjar. Valerá a pena?

Usar tampa no micro-ondas

Toda a comida que levo ao micro-ondas leva em cima uma tampa protetora em plástico. Evitam-se salpicos, gorduras e mantém-se o microondas limpo durante muito mais tempo. No dia da limpeza semanal da cozinha, basta fazer uma limpeza muito rápida para o pôr a brilhar.

Lavar as placas do exaustor na máquina

O meu exaustor tem duas placas quadradas de rede. Quando precisam de ser limpas das gorduras o que faço é retirá-las e colocá-las dentro da máquina de lavar com outra louça. Ficam impecáveis e não preciso de andar a usar produtos abrasivos nem a esfregar com escova. Esta excelente dica aprendi no blog Aprender e Organizar. Obrigada, Catarina :)

Aqui estão alguns dos mais importantes truques que simplificam a minha vida na cozinha. Se tiverem ideias e sugestões boas, tenham a liberdade de as partilhar. Eu agradeço-vos muito :)

Beijinhos

23 comentários:

  1. Parecem-me boas ideias, pratico-as quase todas e sei que são funcionais.

    Das tuas propostas, a minha "acção" mais recente é o uso de uma folha de jornal para recolher o lixo biológico, sobretudo cascas de legumes, batatas e fruta - faço como tu fazes, mas em vez do alguidar uso o jornal - e é tão mais prático, um dia dei comigo a pensar "porque é que eu não me lembrei disto antes?"

    Ajuda-me cozinhar em maior quantidade, planear refeições e ir lavando a louça à medida em que vou usando, ou seja, não deixar tudo para fazer depois das refeições.
    São pequenos gestos que fazem muita diferença.

    Um bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Paula :)
      Essa dica da folha de jornal é boa, ainda que eu cá em casa não consuma jornais, mas sempre há os panfletos da publicidade :P
      Sem dúvida que os pequenos gestos fazem a diferença e melhoram em muito a nossa qualidade de vida :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Belas dicas mais uma vez :)
    Eu vou ver se adopto essa dos 15 minutos para essas tarefas... è que Às vezes são essas pequenas coisinhas que nos irritam na hora de cozinhar!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Marlene :)
      A mim irrita-me muito ter de descascar alhos e picar cebolas. Por isso tenho sempre essas coisas no congelador prontas a usar. Poupa-me tanto tempinho depois. Vale a pena! :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Excelente post :)
    Temos aqui uma dona de casa mais que perfeita :)

    Sim sra luarte, excelente post! Muito útil e directo.

    Bom fim de semana

    beijo grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, ce. :)
      Oh mulher tu não te ponhas com provocações porque eu não tenho veia de dona de casa, disfarço é bem a minha falta de dom para a coisa com técnicas truques e auto-disciplina :) Obrigo-me porque gosto muito de uma casinha limpa e organizada.
      Fico feliz por teres gostado tanto do post :)
      Um beijinho e um ótimo fim de semana para ti :)

      Eliminar
    2. Eu sei que não gostas por isso é que me meti contigo :p

      Um bom fim de semana para ti também!

      bjs

      Eliminar
  4. Olá! Antes de mais queria agradecer estes últimos posts. Foram uma espécie de lufada de ar fresco aqui para estes lados. Ajudaram-me imenso a repensar certas coisas e o melhor, é que já tive resultados significativos! Agora aos poucos sei que as coisas vão melhorando! Por isso, muito obrigada pelo seu ponto de vista e opinião. Às vezes com os exemplos aprendemos mais que com as teorias, não é verdade? ;)

    Eu tentei picar as cebolas na picadora e ficaram em papa! Nunca mais o fiz!
    Há muitas coisas que se pode fazer para poupar tempo na cozinha (e eu não ponho em prática quase nenhuma! ^.^' ).
    Mas, principalmente quando ando sem vontade de cozinhar e/ou lavar louça (que cá em casa é toda lavada à mão), faço doses maiores de comida, umas vezes para congelar e comer outra vez igual, outras vezes para transformar noutros pratos. Ainda no outro dia tinha feito um frango estufado, pus frango a mais para depois desfiar, misturar com maionese e ketchup e fazer umas tostas bem saborosas.
    Também há quem corte os legumes e guarde uma mistura com a quantidade necessária para fazer sopa. Colocar de molho e cozer mais feijão/grão, para depois congelar. Cortar alhos às rodelas e colocar num frasco com azeite, o mesmo para as malaguetas (os azeites aromatizados servem de atalho e poupam-nos imenso tempo).
    Quando tinha fogão a gás colocava papel de alumínio para não ter que estar sempre a limpá-lo e evitar riscar, também há quem ponha o papel na parede em frente ao fogão.

    beijinho e bom fim-de-semana *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Raquel :)
      Os meus últimos posts apenas têm o propósito de partilhar coisas que estão a surtir efeito comigo e que acho que podem realmente ajudar outras pessoas. Sei que há muita gente insatisfeita com a organização e limpeza da sua casa e acho que vale a penas às vezes parar para pensar em pequenas mudanças que podem fazer a diferença. Cada casa, cada família tem as suas rotinas próprias. Não dá para imitar de outros, mas os exemplos dos outros podem-nos ajudar muito a encontrar estratégias mais rentáveis para nós.
      Raquel, da primeira vez que piquei cebolas em casa também aconteceu isso. Não ponhas grande quantidade na picadora de uma só vez e respeita a dica do 1, 2, 3 :)

      É verdade que numa casa em que a louça é toda lavada à mão perde-se muito mais tempo. Sei isso porque em casa dos meus pais sempre foi assim. Aí ainda se deve ter mais cuidado com a louça que se suja. Há tanta loiça que basta passar por água e não precisa ser quase lavada. Toda a gente em casa tem de aprender isso e dar valor a quem tem de lavar tudo.
      Quase todos os vegetais que compro cá em são preparados previamente para congelar. Poupo tempo quando preciso de os utilizar e não permito que as coisas se estraguem no frigorífico como aconteceu muita vez.
      Como sou eu quem cozinha cá em casa mantenho bem a limpeza do fogão. Raramente há derrame de gorduras e molhos porque evito de todo o lume alto por essa razão e mais duas. Os alimentos são cozinhados muito mais rapidamente e não ganham tão bem o sabor do tempero. Há desperdício de energia e gasta-se muito mais gás sem qualquer necessidade.
      A dica dos alhos em azeite é boa, sobretudo para aromatizar. Mas para utilizar diariamente os alhos nos regogados prefiro mesmo picá-los na hora, acho que o aroma fica mais acentuado. Têm é de já estar descascados e por isso tenho sempre uma caixa hermética cheia deles no congelador. No microondas eles ficam descascados num instante em segundos. Quando preciso de alhos, na hora vou lá, tiro o que preciso, passo por água e pico.
      Beijinhos e que tudo corra bem nas mudanças aí de casa :)

      Eliminar
    2. Vou experimentar outra vez, então. Eu até nem demoro muito a picá-la, mas choro sempre que nem uma Maria Madalena. O meu marido chega a estar a picar cebola na bancada e não lhe arde nada, eu que estou no outro lado da cozinha choro imenso.
      É por causa da louça e comida (tomamos todas as refeições em casa) que perco imenso tempo na cozinha e acabo por me desleixar no resto da casa.
      Vamos ver como corre com o plano novo. :) Acho que vai correr bem!
      Beijo *

      Eliminar
  5. Excelentes dicas. Bjs e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Nós não usamos escorredor de louça! Nem eu, nem as minhas irmãs nem a minha mãe! Não por não ser estético mas simplesmente porque colocámos a louça na máquina e o que não for à máquina dá para secar pousado na banca! A minha cozinha tem poucos balcões e pouco espaço para guardar um "trombolho" que não usaria!
    A toalha sempre na mesa e o trabalho de colocar toalha retirar toalha para mim é o mesmo que fazer/desfazer a cama! E toalha na mesa/cama por fazer dá ideia de casa por arrumar!
    De resto uso todos os truques que falaste! São truques simples/básicos mas facilitam muito o dia-a-dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Sini :)
      Como já várias vezes o disse, estas estratégias que utilizo servem-me, mas não têm que servir os outros. Não tenho sequer pretensões disso. Partilho-as simplesmente.
      Voltando ao escorredor da louça, o meu está sempre ao lado do lava-louças, nem sequer guardo o "trambolho" (esta designação por si só já me parece bastante inestética). E pessoalmente prefiro colocar a louça arrumadinha no escorredor do que empoleirá-la em cima de uma bancada de pedra (a minha assim o é. Mas são gostos e hábitos, Sini.
      Quanto à toalha, eu bem avisei que para muita gente pode parecer um hábito esquisito, mas é aquele que me serve na perfeição. Esta imagem, por exemplo, parece-me estar longe de se poder equiparar a uma cama desfeita, digo eu: http://ideiasdebaixodotelhado.blogspot.pt/2011/02/historias-infantis-na-minha-cozinha.html
      Beijinhos e boa semana.

      Eliminar
    2. Eu ponho a louça a secar no escorredor da banca que é em inox! É pouca e não justifica um escorredor dos outros.
      Quanto à imagem, são gostos. Para mim, embora esteja harmoniosa, tem informação a mais e dificultar-me-ia as limpezas.
      jinho

      Eliminar
  7. Fiquei intrigada com o uso de jornal/papel de publicidade para o lixo criado a cozinhar...sinceramente não acho higiénico usar junto a comida que estamos a preparar, onde é suposto os balcões estarem o mais limpos possível! Se calhar não entendi como fazem! :S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até agora sempre tenho usado uma a duas pequenas bacias para o efeito, mas essa foi uma dica partilhada pela Paula. Um truque que ela passou a utilizar na casa dela e que parece mais prático porque deixa de ter mais uma bacia para lavar. A ideia é ter o balcão limpo e asseado e a um cantinho ter um papel (jornal, folha de publicidade onde se vão depositando cascas, aparas, etc...) Acho que isso não compromete a higienização do local. Mas como eu gosto de ter as bacias muito juntinho àquilo que preparo, não sei se esse método me servia tão bem quanto serve à Paula.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Já percebi...mas prefiro o teu método!

      Eliminar
  8. Boas dicas. Já utilizo muitas deles e outras vou adoptar. Quando ao escorredor de loiça, não tenho . A loiça vai para a máquina e a que vou lavando à medida que cozinho, ponho os miúdos a limpá-la. Sou fã do trabalho de equipa. Pena é que "a equipa" nem sempre esteja lá para mim... :D:D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Gaja Maria :)
      Eu apoio a 100% o trabalho em equipa e ainda mais quando se tem filhos. Eles têm de se envolver nessas tarefas. Elas custam a todos. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Vim aqui parar por acaso, andava eu à procura de dicas para forar caixas... adoro tds as tuas dicas, algumas já as coloco em prática outras "estamos sempre aprender"!
    Quanto ao escorredor de loiça, também prefiro ter o meu sempre à mão, tenho um da loja do Gato Preto que dá para /montar/desmontar que é muto prático.
    Tenho a dizer que vou continuar a "vasculhar" por aqui à procura de muitas mais dicas ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, caro(a) anónimo(a)
      Obrigada pelo comentário e por estares a gostar de visistar este cantinho. Espero que encontres por aqui muitas dicas que te possam inspirar.
      Beijinhos

      Eliminar
  10. Luarte acreditas que fiquei com vontade de limpar a minha cozinha é espectacular a simplicidade que colocas nas tarefas:-) Fico feliz de ter sido útil:-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Catarina :)
      Foste bastante útil, sim!
      E fico contente que este post te tenha dado inspiração aí para casa.
      Beijinhos e tudo a correr bem nesta nova fase da vida a 4 :)

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)