sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Gengibre: um verdadeiro medicamento natural

Na semana passada estive adoentada. E com o organismo mais débil, foi um pulinho para ficar com dores de garganta.

Em conversa ao telefone com uma amiga, muita dada a remédios naturais, ela aconselhou-me chá de gengibre e a mascar minúsculas lascas desta raiz.

Disse-me que lá em casa nunca falta raiz de gengibre no frigorífico para curar todas as maleitas. E acrescentou que foi o que lhe valeu durante o período de gravidez. Curou praticamente todas as doenças, que foram surgindo durante esta fase, com o gengibre, inclusivé os populares enjoos. E para terminar a publicidade, rematou que toda a família já se rendeu a este remédio natural.

Convenceu-me a experimentar!

E convenceu-me bem, pois que bastou um dia entregue aos cuidados do gengibre para me pôr fina :)

Fiquei fã do gengibre! 

imagem retirada da internet

Mas li, já depois da minha cura, que gengibre ralado e misturado com uma colher grande de mel, traz alívio imediato à dor de garganta (é sempre bom saber estas coisas).

Porém se há alimentos em que se perdoa o mal que faz pelo bem que sabe, aqui é mais o contrário :P

A raiz do gengibre tem um sabor altamente forte, intenso e picante. Quando ingerido cru e mascado, deve ser consumido em minúsculas quantidades, sob pena de ficarmos a cuspir labaredas. Mas encaro a coisa da seguinte forma: é um medicamento como outro qualquer, só que sem os efeitos colaterais dos medicamentos de farmácia. 

Há quem o rale ou use em pó e misture em sumos e em alguns receitas para dar um sabor mais picante e condimentado. 

Mas se usado para fins terapêuticos o melhor é optar sempre pelo gengibre fresco (raiz de gengibre) porque nos traz imensos benefícios para a saúde e para a imunidade em geral. Com uma ação antioxidante, anti-inflamatória, antissética e antibacteriana, a raiz de gengibre ajuda a prevenir doenças e a combater a proliferação de vírus e bactérias no nosso organismo. 

Senão vejamos alguns dos seus principais benefícios:

- Combate constipações, gripes, dores de garganta, tosse, rouquidão
- Alivia problemas ligados às vias respiratórias, como asma, bronquite, catarro, congestionamento nasal
- Combate náuseas, enjoos, azia, gases intestinais, indigestão, obstipação
- Ajuda a melhorar a circulação sanguínea.
- Combate a dor de cabeça e dores musculares
- Ajuda na perda de peso

Mas existem mais...

Agora que estou fresca e fofa de novo, e ando a tentar perder peso, interessou-me a informação a respeito do gengibre poder ser um bom aliado da balança. 

Mas como é que o gengibre ajuda à perda de peso?

A informação que recolhi é que o gengibre é um alimento termogénico, isto é, promove o aumento da temperatura corporal  (lá isso é verdade, que eu já comprovei por experiência própria, e nem sequer tem que ver com o facto dele ser considerado altamente afrodisíaco :P). Ora como produz calor no nosso organismo (pudera com o sabor picante que tem) acelera o nosso metabolismo e força-o a queimar calorias. Simultaneamente, a sua ingestão tem a capacidade de controlar a ansiedade e aumentar a sensação de saciedade.

Por isso beber chá de gengibre antes das refeições pode ajudar a controlar o apetite, bem como beber após pode acelerar a digestão e a queima de calorias.

Para fazer o chá de gengibre, o recomendado é que se aqueça bem a água (não deixar ferver), se junte a seguir rodelas finas de gengibre e se deixe repousar entre 10 a 15 minutos, antes de beber.

Como disse mais atrás, idealmente deve ser consumido cru, ralado (misturado em pratos ou bebidas) ou em pequenas lascas para ser mascado (um pedacinho fininho do tamanho de uma unha é suficiente) e em chá.

Uma coisa é certa, a raiz de gengibre entrou cá em casa e veio para ficar.

Beijinhos e bom fim de semana.

14 comentários:

  1. É um bom aliado, fizeste bem em falar dele! Se servir para alguma coisa fica aqui o meu testemunho, uso-o bastante para fazer chá da forma como descreveste para alívio de dores, no início das constipações, etc. Aprovadíssimo!

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Paula :)
      Pois o gengibre é ótimo na prevenção. Já depois de curadinha continuo a beber os chazinhos ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Experimenta cristalizado. É muito boa a mistura do doce com o picante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Poupadinha :)
      Desconhecia que existia cristalizado. Estamos sempre a aprender :P Deve ser interessante para uso culinário :)
      Para efeitos de saúde, o aconselhado é que seja consumido fresco.
      A raiz de gengibre já habita o meu frigorífico. Funciona como aqueles medicamentos que nunca faltam na nossa farmácia caseira ;)
      Beijinhos e obrigada pela sugestão.

      Eliminar
  3. Olá, encontra-se facilmente a raíz crua em qualquer supermercado? Onde compraste? Obrigada. Bjs
    ST

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, ST :)
      A minha amiga costuma comprar no Pingo Doce, Eu comprei no Continente. Primeiro não estava a dar com aquilo, mas bastou perguntar a um funcionário da secção das frutas e vegetais para rapidamente me indicar a zona.
      Espero ter ajudado.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Mais uma excelente dica, venham agora receitas simples e saborosas de pratos onde entre gengibre, chás saborosos com gengibre e sobremesas com gengibre, devidamente testadas e aprovadas pela Luarte, claro!! ;) Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Anamar :)
      Não sei se me vou meter por aí... por esses caminhos. Prefiro continuar com os chazinhos simples de gengibre e a mascar pedacinhos ;)
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Olá Luarte,
    Além do consumo, como indicas, podes ainda plantar. É mesmo super fácil:) Em breve mostro o resultado da minha plantação de gengibre no blog.
    Filipa
    www.welc-home.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Filipa :)
      É fácil de plantar em casa? Não fazia ideia, mas fiquei curiosa.
      Sempre a aprender :)
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Eu costumo resolver as dores de garganta com um produto menos natural ;), o Tantum verde em spray. Mas, depois da tua opinião, acho que vou dar uma hipótese ao gengibre,! ;)

    The gLiTtEr Side

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Alexandra :)
      Eu sempre que possa, gosto de substituir medicamentos por produtos mais naturais. São mais saudáveis, mais amigos do nosso nosso corpo e do ambiente.
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)