segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Na procura do peso ideal (resultados da 3ª semana)


Resultados semanais anteriores: 

Peso: 58,2 kg
Massa Gorda: 31.4%
Massa Líquida: 50.6%
Músculos: 33.6%
Peso Ideal: 54,3 kg

Resultados semanais atuais:

Peso: 58.3 kg
Massa Gorda: 31%
Massa Líquida: 50.3%
Músculos: 33.7%
Peso Ideal: 54,3 kg   

Nem para cima nem para baixo. Nada de novo a registar.

Esta semana estive adoentada. Depois vieram as dores de garganta e o corpo em baixo de forma. E com tudo isto o exercício físico ficou em desfalque.

Ontem como já me sentia mais restabelecida, juntei-me aos treinos do P. Exercícios de cardiopower e resistência, do programa Insanity Workout. Muito puxadote. Foi suar a bom suar!

Fim do treino, fomo-nos pesar à vez. Menos 1 kg para ele, menos 100 gr para mim. Que injustiça!!!! Buhhhhh

Mas é assim, é a vida! Nada que já não soubesse. Os homens conseguem não só perder mais rapidamente peso, como mais quilos que as mulheres, com o mesmo plano de treinos. 

Claro que estes valores não são efetivos, mas relativos porque a seguir veio o almoço... Querias perder 1 kg assim de rajada, não querias???!!! Ah Ah!

Mas o que muito me tem satisfeito é ver o P. a alinhar no meu plano alimentar, enquanto eu começo a interessar-me cada vez mais pelo seu programa de exercícios. Só foi pena esta semaninha estar mais em baixo. Estamos em sintonia e isso gera entre nós uma competição saudável e uma boa entre-ajuda. 

Ainda que não tenha feito progressos (fui mais espectadora dos progressos que o P. fez no peso), continuo motivada nesta demanda do peso ideal.

Não sei se lá chego, mas estou no caminho de um estilo mais saudável, mais amigo do corpo e da mente :)

Continuo a acreditar que o melhor caminho está na reeducação dos meus hábitos.

Beijinhos e bom início de semana para vocês.

13 comentários:

  1. Não desistas! Eu consegui, mas demorei alguns meses. Infelizmente não com a ajuda de exercício físico, por culpa de um pé partido e depois por falta de oportunidade - juro, não é desculpa! - mas ajudou ter uma vida muuuuuuuuuuuito activa e ter reduzido bastante as porções a cada refeição. Ou seja, como de tudo, sem restrições, mas em quantidades significativamente menores. Não é fácil, não é rápido, mas consegue-se. A partir de uma certa altura o nosso metabolismo muda e estas coisas demoram mais tempo...

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela força, Paula :) Eu não vou desistir! E é verdade e não é desculpa, que a partir de uma determinada altura o nosso metabolismo não responde como nós queremos. Vou continuar a ser teimosa com ele :P
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Quando as doenças aparecem a genica vai-se abaixo... Mas a moral não! É preciso ter fé que se vai conseguir! O metabolismo também interfere... Há quem tenha mais propensão para engordar e outros para emagrecer. Força nisso! :)

    Um beijinho,

    Cleide
    os3cs.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Cleide :)
      Espero que esta semana corra melhor.
      Obrigada pela força.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Tens também de tirar as medidas querida! Porque às vezes não se vê no peso, mas vê-se nas medidas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Feliz :)
      Tens razão no que dizes e ainda esta manhã pensei nisso. Que é melhor começar a pegar na fita métrica, porque apesar do peso continuar igual, sinto que tenho menos volume.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Tens também de tirar as medidas querida! Porque às vezes não se vê no peso, mas vê-se nas medidas!

    ResponderEliminar
  5. Tens também de tirar as medidas querida! Porque às vezes não se vê no peso, mas vê-se nas medidas!

    ResponderEliminar
  6. Nem sempre o peso reflete logo os resultados...força!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  7. É continuar! :) E concordo ali com a Feliz: é preciso também atentar nas medidas. :)

    Beijinhos

    THE GLITTER SIDE

    ResponderEliminar
  8. Olá Luarte. Eu também estou nessa luta e também não está a ser fácil baixar o ponteiro da balança. Preciso de perder precisamente 5 kg. Os hábito já estão reeducados. O exercício é que não é provávelmente o suficiente e o metabolismo está mais lento à custa da idade. Eu caminho nas minhas idas e vindas do trabalho cerca de 1 h, a passo bem ligeiro, e 3 a 4 vezes por semana mais 1 hora extra. Vou tonificando com pesos e bandas elásticas e fazendo exercícios localizados.
    O que me chateia é que o meu peso não seria muito (53 kg) se a minha altura não me tramasse (1.50 m).
    Assim sinto-me mal quando me olho no espelho e quando vou para vistar aquela roupa que gostava tanto e ela me aperta. Quando era fumadora- até há 8 anos atrás, pesava 47 e 48 kg sem esforço nenhum e agora com tanto esforço não baixo umas gramas.
    Dito isto, e porque desistir não faz parte do cadárpio, há que continuar até vencer este metabolismo hiper mega preguiçoso.
    Ah, e vou também começar a tirar medidas, é uma boa ideia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá Luarte Maria,
    Estava a ler a m/ lista de blogues e encontrei uma ideia que achei interessante para experimentar. Lembrei-me de ti, deixo-te o link caso queiras espreitar: http://www.diyncrafts.com/1519/home/save-money-and-cut-fat-with-this-diy-cooking-spray-recipe

    ResponderEliminar
  10. Claro que chegas lá, o importante é não desistires, se um dia não corre muito bem, no seguinte já vai correr melhor. Quanto aos homens perderem mais facilmente é bem verdade. Quando vou pedalar com maridão, ele perde sempre o dobro das calorias que eu e fazemos precisamente o mesmo. Não é justo, não!
    Bjinhos

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)