quinta-feira, 17 de outubro de 2013

A vida...

imagem retirada da internet

Tenho saudades deste lugar que de um momento para o outro ficou ao abandono e coberto por um silêncio total.

Isto não está a ser fácil, para não dizer que está a ser para lá de difícil.

Mal tenho tido tempo para respirar e as saudades de casa e dos meus são mais que muitas.

Ao fim de 5 anos nunca imaginei que custasse tanto voltar a viver uma vida a prazo. Desabituei-me!

De repente a minha vida já não é nada do que era... 

Em menos de duas semanas perdi mais peso do que o desejável. Não por efeito de dietas, exercícios ou planos alimentares... O stress e outras coisinhas mais têm feito mais do que o desejável. 

Neste momento só me apetece que o tempo voe e que tudo isto acabe rápido.

Peço desculpa, por ainda não ter conseguido responder-vos.

Preciso de entrar na rotina dos dias, naqueles mais tranquilos e sem grandes agitações e balanços.

Preciso de me encontrar e voltar ao epicentro de mim mesma.

Preciso de gostar um bocadinho disto, destas novas experiências...

Nada disto está a ser fácil, mas quem disse que viver é fácil...

Obrigada pelas palavras amigas que me têm deixado e enviado. Não imaginam o quão preciosas têm sido.

Beijinhos carregados de saudades.


54 comentários:

  1. Que esta onda negativa passe rápido e que logo possas navegar num mar mais calmo.
    Um beijo e tudo a correr bem desse lado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela força.
      Beijinho grande

      Eliminar
  2. ola Luarte, que consigas ver muita coisa boa nesta volta k a tua vida deu! beijinhos enormes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Beta :)
      Obrigada pelo grande apoio e disponibilidade que me tens dado nesta fase.
      Tens sido uma grande amiga, mesmo sem nos conhecermos.
      Beijinho grande

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Acredito que o tempo vai ajudar a passar melhor...
      Beijinho

      Eliminar
  4. Força minha querida, pensa que será passageiro e que dias bem melhores virão.
    Nesta que é a tua casinha, estaremos sempre, sempre à tua espera!!
    Um grande beijinho e um xi muito apertadinho,
    MJ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo grande companheirismo :)
      Beijinho grande

      Eliminar
  5. Oooooh. E eu que tinha ficado tão contente com as últimas notícias.
    Compreendo muito bem quando dizes que é uma fase muito difícil. Vivi assim de Janeiro a Julho deste ano e não desejo a ninguém :(
    Tenta começar a estabelecer a tua própria rotina, dando pequenos passos de cada vez. Vais dar a volta e conseguir encontrar um ponto de equilíbro, com certeza. Mas trata de ti, a saúde não tem preço!

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Paula :)
      O mais difícil no meio disto tudo é estar sozinha e muito longe de casa. Tudo o resto se vai gerindo como se pode.
      Estou neste momento a pôr-me em primeira prioridade, antes que me dê o badagaio :P
      Beijinho grande

      Eliminar
  6. Imagino que seja uma situação muito complicad, mas com o tempo vai custar um bocadinho menos...
    Beijinhos e muita força.

    ResponderEliminar
  7. Calculo que esteja mesmo a ser muito difícil..mas tu tens força e vais conseguir!
    Aos poucos vai começar a custar menos e o tempo corre...
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Maria
      Não há nada que o tempo não ajude a suavizar.
      Obrigada pelas palavras.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Nem sei o que dizer. Se por um lado adorava estar na sua situação (colocada), por outro acho que me vou sentir assim. E isso custa tanto só de imaginar.

    Desejo-lhe muita sorte :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há 14 anos que vivo de dilemas nesta profissão, por isso acredita que compreendo bem as tuas palavras. Desejo-te sinceramente um futuro tranquilo e feliz.

      Eliminar
  9. Imagino que não esteja a ser nada fácil, foi uma grande mudança na tua vida de um momento para o outro. Tenta dar a volta por cima, eu sei que tens força para isso, o tempo vai passar rápido.
    Beijinhos e coragem,
    Su

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma mudança em 48 horas.
      Também desejo que o tempo passe rápido.
      Beijinho e obrigada.

      Eliminar
  10. A serio se precisar de alguma coisa aqui do Algarve é so dizer moro em Almancil gosto do seu blogue e compreendo que não esteja a ser facil estes dias de adaptação. Longe de tudo e de todos. Coragem!

    Silvia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Silvia :) Muito obrigada pela sua disponibilidade e carinho. Por acaso tenho alunos de Almancil. Aquilo que não nos mata, torna-nos mais fortes. Beijinhos

      Eliminar
  11. Olá Luarte,
    Sigo o teu blog faz muito tempo, mas nunca escrevi. Adoro o blog, o que escreves e como escreves. Identifico-me contigo em algumas coisas, os tratamentos caseiros, passeios, também tenho endo etc....
    Bem mas agora escrevo para te dizer que moro em Tavira, julgo que perto de onde estás, e teria todo o gosto em te conhecer e ser útil em qualquer coisa. Se quiseres envia-me um mail. laroska@gmail.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lara :)
      Muito obrigada por este teu comentário. É bom saber que existem pessoas que não nos conhecem, mas torcem por nós, nos querem bem e estão sempre prontas para ajudar. Eu estou por Vila Real de Santo António. Neste momento o meu tempo é escasso com a preparação das aulas, mil e um problemas com a direção de turma que tenho e mais os trabalhos da pós graduação que estou a fazer, mas quem sabe se não conseguimos daqui a um tempo combinarmos um café, já que Tavira não fica assim tão longe :) Beijinho e obrigada pelo imenso carinho.

      Eliminar
  12. o mail está errado:laroska.10@gmail.com

    ResponderEliminar
  13. Gosto muito do teu blogue. Compreendo todas as tuas dificuldades, pois sou professora há 23 anos e, eu própria, sinto a insegurança desta carreira. Este governo não nos respeita, não dá valor à cultura, quer um país de ignorantes. O desânimo é geral na nossa carreira, mas o que levamos de bom são os nossos alunos, mesmo os piores que passados anos nos cumprimentam e revelam ternura por nós. Um professor marca sempre um aluno, chegamos a passar mais tempo com eles de que às vezes a própria família. Por isso, luta pela tua carreira, vai em frente e não te esqueças que vais sempre tocar o coração de muitos dos teus alunos. Boa sorte!
    Paula
    Baixa da Banheira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por este comentário que tanta força me dá. Infelizmente os professores são uma classe muito maltratada neste país. A maioria das pessoas continua a não saber, nem tão pouco a imaginar os sacrifícios que muitos fazem para continuar a dar o melhor de si aos outros, aos seus filhos, netos, etc...
      Beijinho

      Eliminar
  14. Ooooh, que chatice isso. Desejo sinceramente que encontres as tuas rotinas e que tudo se torne mais fácil. Trata de ti, não te deixes ir abaixo. As coisas hão-de melhorar. Concentra-te nas pequeninas coisas do dia-a-dia que te fazem feliz ou, pelo menos, sentir bem para te darem uma lufada de motivação. Os teus alunos são uns sortudos, isso é que é! Têm uma professora 5*.

    Deste lado fico à espera de ti e dos teus posts maravilhosos. Quando voltarem, será um bom sinal :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tentar encontrar as rotinas possíveis no contexto em que me encontro. Quanto aos posts, não sei ainda muito bem o rumo que este blog irá tomar...
      Beijinho e obrigada pelas palavras.

      Eliminar
  15. Entendo o teu sabor a acre mel. Por um lado a felicidade de uma colocação, por outro os dias longe de casa e dos teus, a vida com a casa às costas, a vida solitária por amor a uma profissão cada vez mais ingrata e fustigada.
    Desejo que encontres o teu equilíbrio. Não é fácil, no meio desta mudança abrupta e com tanta coisa a tratar e em que pensar. Mas vais conseguir. Daqui um abraço cheio de força e que tudo te corra pelo melhor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Raio-de-Luar :)
      Eu hei de sobreviver como já sobrevivi de outras vezes. Mas custa sempre tanto...
      Beijinho e obrigada pela força.

      Eliminar
  16. Olá Luarte, imagino o difícil que é, estar longe de quem amamos, para fazer o que se gosta, é quase um presente envenenado...espero que consigas passar esta fase da melhor maneira possível.
    Beijinhos. Ana M.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem tirar nem pôr, um verdadeiro presente envenenado. Resta-me encontrar o antídoto para tudo isto. Beijinho grande e obrigada pela força.

      Eliminar
  17. Olá, é a primeira vez que comento, mas já sigo o blog há algum tempo. Sou funcionária pública (a termo resolutivo incerto) e estou também em risco de ir parar longe de casa brevemente. Estou há 11 anos em situação precária! Estou seriamente a pensar optar em exclusividade pela família. Viver com menos dinheiro, mas mais tempo para os filhos e marido. Não vale a pena ir para longe e ter de deixar a família entregue a outros. Os filhos têm de ser a prioridade. Se o salário é importante, o estar com eles também o é. Se calhar damos demasiado valor a coisas materiais. Não deveriamos repensar a nossa maneira de viver e eabraçar com gosto e dedicação a nossa vocação familiar? Estou em fase de reflexão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Tânia
      Compreendo perfeitamente que quando existem filhos a prioridade sejam eles. Neste momento em que eles ainda não existem na minha vida, continua a fazer sentido lutar por uma profissão que amo e pela qual me tenho sacrificado durante anos.
      Beijinhos e tudo de bom para esse lado.

      Eliminar
  18. Já acompanho o teu blog á muito tempo, nem sei se comentei ou não. Fiquei triste de te ler assim, deves estar a atravessar uma fase difícil mesmo, vida de professor hoje em dia tem muito que se lhe diga, é triste porque sou mãe tenho os meus meninos na escola e sei o carinho que eles tem pelos professores, e só de pensar que por motivos de tretas do governo, pudessem arrancar os professores deles assim, é triste, muito triste!

    Força, tens uma profissão linda, coragem e tudo se há-de resolver vais ver :)

    jokas
    mae_qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, infelizmente a maior parte das pessoas não sabe nem adivinha o sacrifício que muitos professores fazem para continuar a dar o melhor de si aos seus filhos.
      Obrigada pelas palavras de alento.
      Beijinho

      Eliminar
  19. Força e Coragem!
    Cá em casa estamos a passar por algo semelhante...trabalho e falta dele :(
    A vida difícil neste país que nos abandonou... e nós fazemos de tudo para não o abandonar!
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força e coragem para esse lado também. Depois da tempestade vem sempre a bonança :) Eu estou à espera que a minha chegue ;)
      Beijinho

      Eliminar
  20. Olá!
    Mas que tristeza! Essa não parece a Luarte que nos habituamos a admirar aqui no blog.
    Eu quando decidi casar e constituir familia, coloquei de lado uma carreira como professora. Para mim não compensa deixar quem eu mais amo, esta foi a minha escolha. E não estou nada arrependida.
    Sou mãe, esposa, dona-de-casa, acompanho os meus filhos nos estudos, faço voluntariado, leio imenso, faço o meu tricô e o meu crochet.
    Há menos dinheiro disponível durante o mês, mas o sossego e a felicidade de estar junto de quem tanto amo são para mim as melhores recompensas.
    Desejo-lhe tudo de bom. Desejo-lhe que esta fase passe rápido. E que faça o seja melhor para si.
    Bjs,
    Manuela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Admiro a sua escolha. Como é que a sua família reagiu perante a sua opção?

      Eliminar
    2. Olá, Manuela :)
      Realmente são escolhas sempre muito pessoais. Eu não sei se conseguiria fazer a escolha que fez. Acho-a muito corajosa e arriscada por vários motivos. Desejo que essa escolha continue a trazer-lhe sempre as melhores recompensas. Beijinhos e obrigada pelo seu testemunho.

      Eliminar
  21. Olá Luarte:
    As mudanças por muito benvindas ques sejam custam sempre. Há sempre hábitos e momentos que têm de ser alterados em prol de outros. Desejo do fundo do coração que consigas dar a volta por cima e não te esqueças de cuidar de ti por ti e por quem te ama.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lassalette :)
      A questão é que há mudanças que nos viram a vida de pernas para o ar.
      Mas primeiro estranha-se, depois entranha-se.
      Beijinho

      Eliminar
  22. Pois e, quem disse que a vida era fácil estava a enganar-nos. Mas vai com calma, as mudanças são sempre difíceis no início mas depois há muitas que acabam por ser boas. Leva o teu tempo e acalma o teu coração, tudo vai correr bem. Um abraço apertadinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Gaja Maria :)
      Entrei nessa fase de aquietação do coração. Tenho de acreditar que tudo vai correr bem e passar depressa.
      Beijinho

      Eliminar
  23. I miss you too..................
    Muita Luz amiga ,há de melhorar ......mando te um abraço do tamanho do mundo e acredita que já estou a visulaizar o teu sorriso ;)
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lulu :)
      Que bem que sabem as tuas palavrinhas.
      Espero-te bem e à família também.
      Beijinho grande

      Eliminar
  24. Olá Luarte

    Não sei se já comentei antes ou não mas não importa. Rir ajuda a ultrapassar tristezas, por isso deixo aqui este vídeo que ontem me fez dar gargalhadas como já não dava há muito (estou emigrada e sei bem a dor que as saudades causam):

    http://www.youtube.com/watch?v=ciEeVKsmI5Q

    Boas gargalhadas para ti :)

    Ânimo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rir sempre foi o melhor remédio para todos os males :)
      Beijinhos e obrigada pelo vídeo.

      Eliminar
  25. Olá Luarte, tenho acompanhado o teu blog e as mudanças na tua vida, acho que és uma mulher muito corajosa e determinada, por enfrentares este novo desafio e "ires à luta", mesmo com todos os sacrifícios que isso implica. Força, que tudo melhore e corra bem, não desanimes! Vai dando noticias por aqui.
    Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela enorme força e carinho que as tuas palavras me dão :)
      Beijinho

      Eliminar
  26. Minha querida, eu bem sei que não é fácil vivermos longe de quem amamos...a vida é muito injusta, eu que o diga!
    Desejo que os dias passem rápido e que tu encontres a tua paz e a tranquilidade que tanto mereces.
    Beijinhos
    Paula Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Paulinha :)))))
      Tu és o exemplo claro do quão difícil é estar longe de quem se gosta.
      Espero que logo logo a vida volte a trazer-te muitos dias partilhados com o teu N.
      Beijinho grande

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)