quarta-feira, 8 de julho de 2015

Gelado de manga, ameixa e cookies

Neste verão rendi-me à compra de uma máquina de gelados.

É daqueles pequenos eletrodomésticos que me estava entalado. Por várias vezes estive para comprar e desisti. Porém desta vez não resisti e comprei, ciente que até poderia ser uma má compra. Mas viver com este entalanço é que não. Faz-nos mal à saúde ;)

O primeiro gelado que experimentei fazer foi Morango com Iogurte e Manjericão.

Assim que saiu da máquina estava muito bom. O problema veio depois de armazenado no congelador por longas horas. Ficou pedra. Para poder servir-me, tinha de retirar a caixa uns bons minutos antes para descongelar. Além disso ficou também com muitos cristais de gelo. Resumindo e concluindo não fiquei satisfeita, pese embora o sabor tão aprimorado com que ficou. É uma receita a melhorar.

A segunda experiência foi este gelado que vos trago hoje e que em termos de paladar ficou delicioso e em textura muito mais cremoso. Foi ao congelador e no dia a seguir estava perfeito.

Inicialmente estava previsto fazer um gelado simples com sabor a manga. Pesquisei e encontrei a receita que me pareceu ideal (aqui). Mas ao longo da confeção fiz alterações em resultado de algumas pequenas vicissitudes. Depois de descascar e reduzir uma manga a polpa, apercebi-me que a manga não era tão doce quanto esperava e foi nessa altura que me lembrei de acrescentar a polpa de 4 ameixas amarelas que tinha no frigorífico e que eram incrivelmente doces. Depois lembrei-me das bolachinhas com saber a canela que andavam a rebolar pela despensa. A meu ver, a adição destes novos ingredientes tornaram o meu gelado ainda mais especial. Aquele travo de canela das bolachas a fundir-se com a manga e a ameixa ficou perfeito. O meu gelado ficou delicioso. Será para repetir certamente.

Mas vamos então à receita sem mais demoras.

Gelado de manga, ameixa e cookies

Ingredientes:

- 250 gr. de polpa de manga (o equivalente a 1 manga grande)
- polpa de 4 a 5 ameixas amarelas
- 100 gr. de açúcar amarelo
- 200 gr de natas frescas
- 3 claras de ovos
- bolachas com sabor a canela ou outro sabor a gosto q.b.

Preparação:

1)  Descascar, descaroçar e reduzir a puré uma manga (poderá utilizar polpa enlatada se assim o desejar) e 4 a 5 ameixas amarelas.

2) Bater as natas até ficarem quase firmes e nessa altura juntar  o açúcar e voltar a bater até conseguirmos  umas natas doces e firmes.

3) Bater as claras em castelo.

4) Envolver a polpa da manga e das ameixas nas natas até obtermos uma mistura homogénea.

5) Adicionar as claras e envolver cuidadosamente no preparado anterior, sem bater.

6) Levar à máquina de gelados seguindo as instruções do fabricante.

8) Terminado o processo na máquina de gelados colocar uma camada de gelado no recipiente que irá ao congelador e fazer uma camada de bolachas partidas em pedaços. Voltar a repetir as camadas, terminando com uma camada de gelado.

Opcional: Reservei um pouco da polpa para decorar o topo do gelado, mas esta passo é perfeitamente dispensável. Quando voltar a repetir não irei colocar porque tendo grande percentagem de água fica muito dura, quando congela. 

Se leram a receita original, a autora do blog "O Meu Tempero", não utilizou máquina de gelados. Quem não tiver máquina de gelados pode perfeitamente fazer esta receita sem ter de andar a bater o gelado ao fim de umas quantas horas no congelador. 

Tenho a dizer que da minha parca experiência na confeção de gelados artesanais cremosos, a opção de adicionar claras em castelo e natas frescas fizeram toda a diferença no resultado final.

Se souberem de mais truques para que possa aperfeiçoar sempre mais e melhor os meus gelados, são certamente muito bem-vindos.

Beijinhos e bons gelados :)

14 comentários:

  1. Será uma receita a experimentar! De certeza que vou gostar também! Comprei a minha maquina de gelados o ano passado porque também andava assim como a Luarte, a minha é do pingo doce, mas ao fim da segunda experiência fiquei desiluidida, desisti e esta arrumada, mas vou fazer este gelado de certeza!
    Ja fiz a receita de do iogurte grego e adorei!
    Pus foto no meu Facebook e referi que tinha tirado a receita do seu blog
    Fiz como referiu e guardei o soro para fazer iogurtes, e estive a fazer hoje!
    Congelei o soro num saco de fazer gelo, achei que daria mais jeito!
    Bem o comentário ja vai longo!
    Obrigado por partilhar as suas experiências
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ilda!
      Eu também me senti defraudada com a primeira experiência de gelado na máquina.
      Esta segunda experiência resultou muito melhor, o que me deu um novo alento e quero acreditar que daqui para a frente as receitas correrão muito melhor. Tendo a noção de algumas pequenas dicas, pode-se fazer a diferença no gelado ;)
      Ainda bem que correu lindamente o iogurte grego :)
      Nunca congelei soro, só mesmo amostra de iogurte.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Adoro a cor e consistência! Deve ser delicioso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cá em casa está super aprovadíssimo. A repetir :)

      Eliminar
  3. Luarte,
    Eu também comprei a tal máquina semana passada e estou inventando receitas...rsrs...Aqui como está muito calor, deixo o baldinho 48 horas, por que em 24 horas não dá certo.Fica aguado, não engrossa e depois no congelador vira pedra. Anteontem fiz de frambuesa e iogurte e ficou perfeito.Adocei com glucose em vez de açúçar e ficou mais cremoso e sem cristais de gelo. Hoje fiz de pêssego, batendo uma lata de pêssegos em calda com 1 copo de iogurte.E também ficou ótimo.Não segui nenhuma receita ainda, fui inventando.Mas provarei a sua, meu filho Daniel ama manga :) Besitos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Michelle :)
      Um dia destes hei de experimentar a glucose.
      Eu tenho o meu baldinho sempre no congelador. É lá a sua residência oficial :)
      Obviamente que um gelado feito na hora e comido de seguida tem outra textura. É diferente depois de ir ao congelador.
      Daí eu querer saber as melhores dicas para conseguir uma textura o mais perfeita possível nas duas situações.
      Beijinhos e bons gelados.

      Eliminar
  4. Tem um aspecto delicioso! :)
    Eu tb gosto muito de gelados caseiros e tb tive esse problema do "gelado pedra".
    Entretanto fui aprendendo umas coisas (mas infelizmente não são muito boas para a dieta). Gelados que tenham a base de natas (nao das magras),leite condensado e gemas ficam mais cremosos. O teor de gordura impede que gelem por completo. Se se montarem as natas fica melhor. A clara em castelo impede que se formem cristais de gelo.
    Outra dica q ajuda imenso é colocar pelicula aderente junto ao gelado para evitar entrada de ar que tb faz com que o gelado endureça.
    Quando pretendo um gelado nais light opto por fazer metade da receita para consumir quase na hora.

    Boas criações! ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vânia :)
      Um bom gelado leva sempre na sua composição produtos gordos e açúcares. Não há volta a dar, quando falamos de gelados cremosos e que vão ao congelador, mantendo qualidade e características. Obviamente que pudemos torná-lo mais saudável na escolha dos ingredientes e não não adição de corantes, conservantes e outros.
      Desta vez não introduzi as gemas, mas se calhar de uma próxima valerá a pena, somando às claras em castelo. Obrigada pelas sugestões deixadas :)
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Olá! Também este ano comprei uma máquina de gelados, a minha foi no Lidl, já fiz alguns, nomeadamente o de morango e ficam mesmo bons, não tem nada a ver com os que se compram, sentimos mesmo o sabor a fruta. Um truque para não criar cristais de gelo é o leite em pó, e em vez de usar as claras usar a gema ou leite condensado, torna o gelado mais cremoso, e também convém usar açúcar em pó. Outra truque que faço, é na confeção da receita, os ingredientes têm que estar bem frios e depois ainda coloco mais 4 horas no frigorífico e só então passado esse tempo é que coloco na máquina. Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vânnia!
      A minha máquina também é do LIDL.
      Eu gostei do uso das claras em castelo, pois efetivamente resultam muito bem na não criação de cristais de gelo.
      Obrigada pelas restantes sugestões :)
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Sim o meu gelado de morango também ficou pedra depois de ir ao congelador, mas nada de extraordinário. Quanto aos cristais de gelo, formou alguns mas quase não se notavam, em comparação com os dois primeiros gelados em que, apesar de ficarem deliciosos de paladar, a melhor forma de os comer foi em smoothie!!! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não tenho nada a apontar aos gelados quando saem da cuba.
      O problema é a congelação do gelado e aí interfere muito na textura o tipo de ingredientes que se utiliza, como se utiliza e o próprio armazenamento do gelado.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Ahh e a minha taça da máquina já não a tiro do congelador!!! Fica perfeito desde então.... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha cuba também reside no congelador ;)

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)