segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A camisola dos losangos rosa

Este fim  de semana esteve chuvoso e frio.

Bons motivos para ficar mais em casa, no quentinho, e arranjar coisas giras para fazer. 

Altura ideal para colocar em prática algumas ideias/projetos que vou tendo e que ficam guardados na gaveta à espera do dia em que ganham forma, corpo, realidade. 

Foi isso que aconteceu à camisola dos losangos rosa que veio cá parar.


Esta camisola com as lavagens encolheu e deixou de servir à minha irmã. Passou de um S para um XS. Pedi para ficar com ela. A ideia era reciclar. Criar uma nova peça de vestuário, uma camisola para a minha cadelinha. Os dias de frio estão a chegar e os cães também gostam de aconchego como nós.

Cortei a malha e cosi à máquina, sempre do avesso em ponto simples, a direito.

Quem não tem máquina também pode costurar à mão.

Não está perfeita, porque não está. Pouco ou nada sei de costura. Sou uma autodidata que nunca se dedicou ao assunto com afinco. Mas para primeiro projeto deste tipo fiquei orgulhosa.

Tentei fazer da maneira que me pareceu mais simples.

Não fiz molde. Apenas me limitei a tirar as medidas:

- à volta do pescoço;
- do pescoço (topo) até à zona das costas que corresponde ao fundo da barriga;
- à volta da barriga (para determinar a largura da camisola)
- do pescoço até meio do peito onde começam as patinhas;
- distância entre patinhas.
- diâmetro das patinhas.

Tendo a noção destas medidas cortei a camisola e separei cós, golas, punhos.


A camisolinha da Cereja é a junção de duas peças de tecido.

Fiz o seguinte esquema para que possam percecionar melhor aquilo que foi feito.


Basicamente cortei um quadrado/retângulo da parte do tecido que tinha o padrão.

Esse pedaço (tecido 1) é dobrado de um lado e do outro. Essas dobras vão cobrir as laterais da barriga do cão.

O tecido 2 vai cobrir a barriga do cão e é costurado às duas abas, deixando apenas sem costura as zonas que correspondem aos orifícios das patinhas.

Estreitei os ombros, cosendo o excesso de tecido a retirar e cortando o que estava a mais. A medida que fica é apenas a da largura do pescoço.


Aconselho a arredondar com uma tesoura essa zona (a que ficará no dorso) para que a gola assente melhor no animal.

Apliquei a gola, o cós e os mini-punhos, sem fazer propriamente manga. Serviu-me de ajuda e inspiração o próximo vídeo (ver a partir do minuto 3.45).



Para que a zona do cós ficasse mais ajustada ou cintada, franzi com linha, na mesma cor da malha, e à mão, a zona do cós do tecido 2.

O resultado final é este:


Tal como podem observar na imagem da esquerda a gola foi arredondada na parte de cima (dorso). Este passo não aparece no esquema.

Acho que a Cereja ficou com uma camisolinha bem fofinha e gira. 

É uma ideia que pode inspirar outro género de reciclagens: aproveitar aquilo que já não serve para criar novas peças e poupar. 

Com a camisola vestida a Cereja fica tão mimosa e janota que nem dá vontade de lha tirar :)
Beijinhos e continuação de boa semana.

30 comentários:

  1. Ai, a camisola ficou um maximo! A Cerejinha está toda janota, ficou mesmo a matar! Lambejinhos para ela! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Pois pois... para quem pouco ou nada sabe de costura, ficou perfeita!! Muito bonita e assenta que nem uma luva na Cerejinha!! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando digo que sei pouco, é porque tudo o que sei é por tentativa e erro. Tudo o que sei aprendi no Youtube. Nunca tive ninguém ao meu lado a ensinar e a corrigir. Não sei técnicas de costuras. Desenrasco.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Ahh, preciso confessar que estou apaixonada pela Cereja, e ela ficou ainda mais fofa com essa camisola! Muito bom reciclar uma peça que não serve mais e ainda deixar Cereja quentinha e tão gira.

    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Cereja adorou a confissão que veio do coração da Rê :)

      Eliminar
  4. Ficou linda! Grande ideia para reciclar ;)

    ResponderEliminar
  5. Está um show , mas será esta camisola como o famoso vestido azul ou branco ou dourado ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vejo losangos rosa, será que outros vêem noutra cor? :D

      Eliminar
    2. Não é o rosa que difere, nas primeiras parece cinzenta, nas últimas um bege. Terá a ver com iluminacao e uso ou não de flash.

      Eliminar
    3. A camisola é bege, mas efetivamente as fotos foram tiradas com o telemóvel em momentos e divisões diferentes.

      Eliminar
  6. Amei!! Está tão fofinhaaaaaaa!! <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou pedir para a minha irmã estragar mais camisolas :)

      Eliminar
  7. Mas que catita ficou a Cereja, parabéns pelo trabalho, ficou muito bem. Aqui o meu amigo mais pequeno,não gosta de trapos junto ao pelo, fica petrificado se o obrigo, gosta mesmo é de um cobertor quentinho na sua caminha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há que contrariar os nossos animais. Cada um com o seu temperamento e gostos. A Cereja no início também não gostava de agasalhos, mas agora gosta muito e até colabora a vestir. Deve ser do frio :)

      Eliminar
  8. A Cereja está mesmo linda!
    Adorei a ideia, mas a minha Kiara não aceita que lhe vista nada.
    Já houveram algumas tentativas, só que ela destrói tudo.
    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No início a Cereja tambem não gostava de vestimentas, mas agora adora. Deve ser do frio! ;)

      Eliminar
  9. Cores diferentes ? Você tingiu a roupa ou não fez. A roupa é bonita e bem feita, só me intriga saber se foi feita mesmo em casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro(a) anónimo(a)
      Cores diferentes? Deve haver aqui um problema de daltonismo porque eu vejo o mesmo padrão, com as mesmas cores em todas as fotos que partilhei.
      Quanto ao facto de se sentir tão intrigado(a), posso dizer-lhe que se tivesse mandado fazer ou alguém o tivesse feito por mim não teria quaisquer problemas em dizê-lo. Este blog não tem fins comerciais. Não preciso de convencer ninguém.
      Aliás, o seu comentário só revela desconhecimento completo relativamente aos conteúdos deste blog.
      Por fim, sinto-me bastante elogiada com o seu comentário, pois se efetivamente a camisola parece de compra é porque só eu vejo as imperfeições :)

      Eliminar
    2. Acho que esta foto ilustra esse comentário!!! E foi tirada no mesmo momento à mesma pessoa, no mesmo local e com o mesmo dispositivo.

      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=992916767438546&set=a.575285729201654.1073741828.100001606970060&type=3&theater

      Eliminar
  10. Cores diferentes ? Você tingiu a roupa ou não fez. A roupa é bonita e bem feita, só me intriga saber se foi feita mesmo em casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Daniela, já lhe respondi no primeiro comentário anónimo.

      Eliminar
  11. Luarte uma dica para as próximas. Qd costurares malhas usa sempre o ponto ziguezague, assim a linha estica tb e não parte. O ponto a direito vai partir, mais tarde ou mais cedo. Ficou muito bom, de resto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pela sugestão. Para a próxima irei ter em conta essa dica. Quem sabe, sabe! :)

      Eliminar
  12. A cenoura fica muito gira com esta camisola.
    Quanto às cores, nas 3 primeiras imagens parece ser cinza com losangos rosa, Onde aparece já feita e vestida na Cenourita é castanho dourado e rosa vivo. Será da luz????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai que a Cereja já virou Cenoura, LOL (não sei se ela vai achar graça quando souber disso :P )
      As fotos foram tiradas com o telemóvel em diferentes momentos do dia e em divisões diferentes (também afeta a luz) daí a as alterações na cor.
      Mas acho que indepentemente disso dá para perceber que se trata da mesma camisola e não de outra camisola qualquer.

      Eliminar
    2. A Cereja que me desculpe! Tinha estado a falar de uma Cenourinha que por acaso é gata.

      Eliminar

Obrigada pela visita e pelo vosso comentário :)